Espaço Arqueologia realiza Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico na região metropolitana de Curitiba

Espaço Arqueologia realiza Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico na região metropolitana de Curitiba

Pesquisadores procuram por vestígios arqueológicos em área de implantação de empreendimento imobiliário

Pesquisadores da Espaço Arqueologia executaram em campo a etapa de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico na área de implantação do Condomínio Residencial Campo Largo, à ser instalado no município de Campo Largo, região metropolitana de Curitiba.

Nesta etapa de pesquisa, o objetivo principal consiste na realização de ações para avaliar a possibilidade de geração de impactos ao patrimônio arqueológico em virtude da instalação do empreendimento. Neste caso, a metodologia prevista no projeto foi aplicada em campo por meio da execução de linhas de caminhamento e escavação de poços-teste para verificação de superfície e subsuperfície, respectivamente.

Como resultado das atividades de pesquisa de campo, nenhum vestígio arqueológico foi identificado, sendo assim, a instalação deste empreendimento não representa riscos ao patrimônio arqueológico, uma vez que passou pelo correto tratamento de pesquisa. 

Paralelo as atividades de campo, foram realizados no âmbito deste projeto, ações de divulgação da pesquisa junto aos moradores do bairro Jardim Lise, bem como, junto aos responsáveis pela implantação do empreendimento. Nestas atividades foram prestados esclarecimentos sobre a necessidade de realização da pesquisa arqueológica, bem como, foram entregues os materiais didático-informativos compostos por folders com conteúdo relativo as etapas da pesquisa arqueológica e sobre o modo de vida dos principais grupos humanos que habitaram o planalto meridional brasileiro antes do contato com os europeus.

Estas ações objetivam promover a socialização dos resultados das pesquisas arqueológicas junto à comunidade, despertando o interesse pelo tema e a necessidade de preservação do patrimônio arqueológico.